Entrevista com Gian / Tarja Editorial

Deixe um comentário

Editora Tarja Editorial

Sábado, meu último dia em São Paulo, fui no Science’n’Fiction – depois postarei a respeito. Lá havia uma sala com stands das editoras Draco e Tarja Editorial. Eu já sabia que meu antigo colega e roteirista de quadrinhos Gian era um dos donos da Tarja Editorial, mas não esperava encontrá-lo por lá. Foi uma surpresa legal, porque não nos falávamos desde… desde… sei lá, 2000, eu acho.

Conversamos um pouco, meio naquelas… porque, né? Fazia tempo. Mas no final do evento trocamos umas boas idéias e o Gian, como sempre falando pelos cotovelos, concordou em gravar uma entrevista.

Ajudei ele a carregar o estoque e fomos até uma lanchonete, onde ele almoçou um cachorro quente às 7 da noite enquanto me contava anedotas sobre o mercado editorial e depois gravamos a entrevista.

Falamos sobre mercado editorial, novos autores nacionais, leitores, formação autoral, jornada do herói / Joseph Campbell, dicas para escrever e a função do editor. Vale muito a pena para quem lida com HQs também, pois a maioria das dicas serve para qualquer área artística.

Depois da entrevista, ainda ganhei três livros com dedicatória xDDD
Depois posto o release aqui no blog.

A Tarja Editorial é uma editora que atua há 3 anos no mercado e tem lançado livros de literatura fantástica (fantasia, terror, ficção científica, cyberpunk, steampunk, etc), sendo alguns deles romances e outros antologias de contos. Entre suas publicações estão a coleção Paradigmas, a antologia Steampunk – Histórias de um Passado Extreordinário e o romance Cyber Brasiliana.

É uma ótima oportunidade para autores iniciantes tentarem uma publicação. E recomendo enfaticamente os roteiristas de HQs começarem a escrever contos e tentar a sorte. Mas caprichem, nada de entupir a caixa de email da editora com porcarias mal-escritas.

Ouça a entrevista com Gian, da Tarja editorial clicando aqui.

Bate Papo com a editora Crás

Deixe um comentário

No Comic Fair eu gravai algumas entrevistas com os fanzineiros e quadrinistas independentes (tem diferença?). O objetivo era para uma pesquisa pessoal, mas algumas conversas foram bem interessantes e vale a pena compartilhar com vocês.

Primeiro, trago o pessoal da Crás editora independente, Tiago e Tales.

Se concordam ou discordam do que eles disseram, comentem!

Clique para ouvir o bate-papo com Tiago e Tales da editora Crás

%d bloggers like this: