meme - Ui

Você tem aquela ideia fantástica para uma história, escreveu um roteiro, criou uma HQ, escreveu um conto, um livro… mas tem medo de mostrar para quem quer que seja! Quer registrar sua obra para ter o máximo de certeza de que ninguém roubará seu trabalho e desconfia até da sua sombra. Nem coloca a obra na frente do espelho com medo de seu reflexo roubá-la.

Mas há um grande problema aí: é possível que você esteja super-estimando seu trabalho. Até aí, nenhuma novidade, isso é comum acontecer. É normal que alguns (muitos) autores não enxerguem com nitidez os problemas de seus textos. E é exatamente esse o motivo para você mostrar a outras pessoas.

Já falei aqui inúmeras vezes sobre como críticas podem ajuda-lo. O problema é que você precisa confiar em alguém para isso. “Ah, eu posso registrar e depois mostrar para alguém”, sugere o espertinho. Só que se você fizer isso, corre o risco de ter de alterar tanto a obra original que será necessário um novo registro. E acredite em mim, alterações radicais a esse ponto são comuns.

O que fazer então? Relaxa. Conviva com pessoas do seu meio (quadrinhos, literatura, música, fábrica de sabão em pó, sei lá), faça amizades, conheça pessoas e encontre alguém de confiança. Existem muitas pessoas por aí dispostas a ajudar, ler trabalhos e dar palpites (leia a entrevista com o Eric Novello na Quadrinize sobre esse assunto). E perca esse medo.

Eu poderia gastar bons parágrafos falando sobre uma filosofia mais radical, a de que ideias não pertencem a ninguém. E é verdade. Até porque, nesse exato momento, enquanto você está aí se questionando se sua ideia é boa o suficiente e com medo de expor a alguém, em algum lugar no mundo outra pessoa está tendo ou já teve a mesma ideia que você. E provavelmente, alguém mais esperto que não vai demorar a colocar no mundo.

Mas deixo essa missão para este excelente documentário: Everything is a remix.

Ok, talvez a imagem no inicio do post seja desnecessariamente exagerada e hajam bons motivos para receios de roubarem suas ideias. Talvez você seja um gênio, muito criativo, ou sua ideia seja realmente fantástica. Uma fábrica de dinheiro que deve ser mantida em segredo. Mas nada disso exclui o fato de que você, como criador e autor, deve ser acima de tudo uma fábrica de ideias. Deve criar o tempo todo. Criar deveria ser tão natural para você que perder uma ideia ou outra não seria algo tão grave. O que é uma carta para quem tem um baralho inteiro à sua disposição?

Discorda? Concorda? Esse texto mudou sua forma de pensar? Ou te causou ódio mortal? Comenta aí!

Anúncios