Fui selecionado para participar de uma antologia da promissora editora Estronho e terei meu debute literário em uma coleção de respeito. Confesso que quando vi a lista dos escolhidos fiquei surpreso. Eu não esperava mesmo por isso. E ainda meu nome apareceu errado, então fiquei na dúvida, roendo as unhas durante dois dias, pra só então descobrir que eu já havia recebido um e-mail de confirmação. O hotmail havia mandado para a caixa de spam.

O Extraneus é uma série de antologias de contos de literatura fantástica. O volume 3, do qual estou participando, se chama “Em Nome de Deus”, e segue a seguinte premissa:

Capa do livro Extraneus

O que o homem – ou quem sabe até outros seres – são capazes de fazer em nome de uma religião ou seita? A que deus eles atribuem suas loucuras? Quais são as justificativas – se é que elas existem – para a incoerência entre a fé e  os atos, muitas insanos e repugnantes? Por que diabos eles matam em nome de um deus? Reze por sua alma… reze pelos seus pecados… reze… Isso tudo adianta? Os autores convidados e os interessados em participar estão tentando responder a essas e muitas outras perguntas. E m breve o resultado da seleção do volume 3 estará disponível aqui no site. Prefácio de Alessandro Reiffer que junto com os autores convidados, esperam por companhia para rezar com você… ou não.

Os selecionados foram: Adriana Pueblo, Bethânia Amaro, Bruno R. R. Santos, Celly Borges, Daniel Cavalcante ( o/ ), Fernando Salvaterra, Leonilson Lopes, Lino França Jr. , Luciano Alencar, Marcelo Augusto Claro, Monique Rodrigues e Sheilla Liz.

A medida que as novidades sobre a publicação forem divulgadas pela editora, postarei aqui.

Não é por isso que já estou me achando escritor profissional. Nada disso. Ainda há um longo caminho a percorrer. Mas a estréia é especial, né? Então vou tratá-la como tal.