Bem, decidi que vou participar do NaNoWriMo esse ano. Sei lá porque (na verdade, sei sim). Esse ano estou mil vezes mais atarefado que ano passado, quando já fiquei chateado por não ter feito. Mas, como diria um amigo meu: quem quer dá um jeito, quem não quer dá desculpa. Darei um jeito.

Para quem não sabe o que é o NaNoWriMo, é um desafio que acontece todo mês de Novembro: escrever um livro em 30 dias (já estou atrasado), com o detalhe de que deve ter no mínimo 50.000 palavras. São 4 folhas de A4 por dia.

O site oficial funciona como uma rede social para quem está participando. Você pode postar seu livro lá ou não.

A ideia básica do NaNoWriMo não é escrever uma obra prima, nem mesmo publicar. É se divertir enquanto arranca os cabelos tentando atingir a meta insana. É escrever livre da pressão da necessidade de ~~~qualidade técnica~~~ pois você, a princípio, não vai mandar o resultado final para uma editora (há quem comece o NaNo pensando em editora, e é uma opção, mas só farei isso se eu gostar MUITO do resultado, o que será difícil dada a aleatoriedade que prevejo). O espírito é escrever sem NENHUMA expectativa de qualidade.

Sem premios.

Sem glórias

Sem elogios e mimos.

Apenas escrever com outras pessoas do mundo todo (e no meu caso forçar a execução de um projeto antigo)

Para saber mais sobre a “atitude NaNo”, recomendo os artigos de NaNoWriMo no Arena Fantástica.

Ainda estou indeciso se escrevo a fanfic de Equilibrium, que já está programada há anos, ou um original que também está mofando na gaveta, mas cujo plot não faço ideia de como lidar. Acho que acabarei optando pelo mais simples. A fanfic – reEquilibrium – já tem os personagens e ambientação prontos. E não, não são os do filme, criei tudo baseado apenas no ponto em que o filme parou. A proposta é criar uma sequencia, 11 anos depois da revolução de Libria.

Bem, vocês poderão acompanhar essa minha insanidade aqui no Abismo. Mas não ficarei escrevendo a respeito. Escrever, já basta o NaNo. Aqui, postarei a respeito com… memes.

nanowrimo-meme

About these ads